AREIAS MONAZÍTICAS - Guarapari/ES :: pesquisa UFES Lazzerini, F.T.; Orlando, M. T. D; Cavichini, A. S


http://www.ufes.br/


Estruturação de Pesquisa para Componentes Biologicamente Ativos (BAC*) em Areias Monazíticas – Praia de Areia Preta e Radium Hotel da Estância Radioclimática de Guarapari/ES/BRA.


Lazzerini, F.T.; Orlando, M. T. D; Cavichini, A. S.


Introdução: As areias monazíticas emitem radiações ionizantes e gases como o radônio (Rn222) e torônio (Rn220) em praias de diversas localidades, como: Índia, China Irã, Egito, Brasil,... Sendo a compreensão de seus atributos físicos e dimensões espaciais importantes para a geografia médica como entendimento, monitoramento e aplicações de suas atividades biológicas positivas à saúde humana.

Objetivos: Este trabalho busca elaborar sistemática de medidas dos teores de Rn222, Rn220, partículas emanadas e dos íons negativos do ar em atmosferas e meios aquosos circunvizinhos às ocorrências naturais destes minerais; bem como em ambientes interiores (indoor) produzidos artificialmente. Sendo tais enfoques fundamentados para futuras orientações em pesquisas epidemiológicas, testes farmacológicos laboratoriais e observatórios de ensaios clínicos médicos para diversas indicações terapêuticas.

Metodologia: Os ambientes exteriores alvos de medições serão praias regionais e na praia da Areia Preta: a 2,0, 0,2; 0,0 e -0,2 mts de altura, nas faixas de colorações diversas, diurnas e noturnas das quatro estações do ano, em chuva ou sol, à distâncias de 10, 50, 100, 500 e 1000 mts da orla; na água do mar à superfície e a 0,5 mts e 1,5 mts de profundidade. Em ambientes interiores serão separadas distintas porções de monazita pura, embaladas; impermeáveis, para colocação ao fundo de banheiras de imersão corporal em salas com vazão e temperatura de água e de ar controladas; para as mesmas medidas dos ambientes exteriores além do pH, mineralização e raios ultravioletas. Os equipamentos utilizados: estação metereológica - NEXUS 351075, medidor portátil de íons TEC-WP90, medidor UV – 011369, câmara de névoa - U8483220, radioatividade tempo real – GAMMASCOUT; para raios gama, para gás radônio...

Resultados: Estudos bibliográficos iniciais, indicam boa correlação com a Teoria da Hormesis, donde do ponto de vista epidemiológico Guarapari possui incidências populacionais significativamente inferiores à média estadual e nacional de: neoplasias (tumores em todas as idades), doenças sangue órgãos hematóceos. e transtornos imunitários, doenças da pele e do tecido subcutâneo, doenças sistema osteomuscular e tecido conjuntivo (SIH/SUS, 2010). Outra observação relevante é a constatação de estudos recentes similares em outros países com tais ocorrências, visando as aplicações terapêuticas denominadas com práticas integrativas e complementares (ou medicina alternativa de SPA, resorts de saúde e termalismo social/crenoterapia).


Conclusões: Ao estruturar este planejamento de atividades, serão elucidadas questões científicas e técnicas com boas possibilidades de aplicações destes recursos naturais potencialmente terapêuticos numa região de tradição em turismo de saúde, ocorrência conjunta de climatismo litorâneo tropical (talassoterapia), vocação ao bem estar de visitantes e da comunidade local. E assim, podendo redefini-la como a primeira estância radioclimática das Américas e fomentar o desenvolvimento sustentável através deste patrimônio natural raro.

PC: *Biologically Active Components = what kind, grade and where?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Estâncias Hidrominerais do Brasil

Palestra sobre Metenergia, Ciência e Pseudociência no dia 9 de junho